Deprecated: WPSEO_Twitter::get_instance está obsoleto desde a versão WPSEO 14.0 sem nenhuma alternativa disponível. in /home/descober/public_html/wp-includes/functions.php on line 4723

Deprecated: WPSEO_OpenGraph::__construct está obsoleto desde a versão WPSEO 14.0 sem nenhuma alternativa disponível. in /home/descober/public_html/wp-includes/functions.php on line 4723

Baños, um destino perfeito no equador para amantes de aventura, esportes e natureza!

Para quem, como eu, ama toda e qualquer aventura que aparece pela frente, a cidade de Banos, no Equador, tem que está na lista de lugares a serem visitados. Esta pequena cidade da província de Tungurahua tem vulcão, tirolesas, cachoeiras, pontos de rafting, canionismo e águas termais.

Quem foi lá recentemente foi meu o Alan Borges, meu amigo de viagens malucas. Assim que chegou, ele contou o que viveu por lá!

“A fantástica cidade de Baños, no Equador, é o paraíso para os amantes de esportes na natureza. Situada a 180 km de Quito, a pequena cidade é rodeada de montanhas, cachoeiras e vulcões.
Fui de ônibus de Quito para lá. A rodovia nem de longe lembra as esburacadas rodovias brasileiras.

Quando se está chegando à cidade, já é possível ver os cenários que encantam os turistas. Diversas cachoeiras brotam nas montanhas e as corredeiras dos rios convidam para um rafting. Na entrada da cidade, fica a magnífica ponte de 100m de altura, onde os corajosos podem fazer bungee jumping. Dá um medo danado. Mas é imperdível!

 

Assim que me instalei em um dos diversos hostels de Baños, fui conhecer a famosa Casa da Árvore. O local é um observatório para o vulcão ativo Tungurahua. Lá pude brincar como criança no balanço à beira de um penhasco. Pelas fotos, a sensação é de que você está acima das nuvens balançando no infinito. A visita custa um dólar.
Depois fui a outro balanço mais incrível ainda. Esse fica a 700m de altura. Olhar para baixo é um ato de bravura. Mas é uma experiência inesquecível.

Para os amantes do pedal, Baños é perfeita. Há vários locais que alugam bicicletas a partir de 4 dólares o dia.

Peguei minha bike pela manhã e comecei o percurso de cerca de 20km passando por várias cachoeiras. A ciclovia é excelente e segura. Em alguns trechos, os ciclistas dividem espaço com os motoristas. Mas ao contrário do Brasil, lá os ciclistas têm preferência. Até os veículos grandes param para os ciclistas atravessarem a rodovia.

A trilha de bike termina na gigantesca cachoeira conhecida como Caldeirão do Diabo. Para não fazer o percurso de volta de bicicleta (longo trecho de subida), o ideal é pagar um carro para levá-lo a Baños. Há várias camionetes que fazem esse trabalho por um dólar.

À noite, o melhor a fazer na cidade é ir às termas vulcânicas aos pés da Cachoeira Cabellera de la Virgen. O lugar é ideal para o relaxamento.
Após a sessão de relaxamento, aproveite para jantar os pratos típicos da região. Há iguarias de diversos tipos e custam pouco. Não darei sugestões, de propósito, para que você viaje pelos sabores do Equador.”

Posts Relacionados

Festa da Goiaba em Brazlândia terá Drive in e Drive Thru de graça!

7 países que oferecem até dinheiro para atrair turistas durante pandemia

Cachoeira do Indaiá: Quanto custa e como chegar nesse atrativo natural colado no DF