É seguro viajar de avião no primeiro trimestre da gravidez?

Quem acompanha meu blog sabe que eu só posto sobre coisas que estão relacionadas ao meu dia a dia, seja alimentação saudável, viagem, sustentabilidade, cultura…. Agora que chego nessa nova fase de vida e estou grávida (essa é a primeira vez que escrevo isso), uma das primeiras coisas que me passou pela cabeça foi: “é seguro grávida viajar de avião? Mesmo no primeiro trimestre da gravidez? ”.

Agora estou com cinco meses de gravidez. Nos primeiros 3 meses de gravidez viajei 06 vezes de avião!!!! Isso depois de pesquisar muito. Geralmente, a melhor (e mais segura) época para gravidas viajarem é entre a 14ª e a 28ª semana. Por isso, a resposta que encontrei depois das conversas com médicos e especialistas foi “depende”.

Vou dividir aqui com vocês todos os cuidados que as grávidas precisam tomar antes de sair por aí pegando o primeiro avião que achar. Especialmente no primeiro trimestre. Existe uma chance de aborto espontâneo, mas existem cuidados para reduzir essa probabilidade.

Reuni aqui tanto o que meus dois médicos disseram, como também o que encontrei das pesquisas cientificas mais atuais sobre viajar na gravidez que achei no Brasil e nas gringas. Foi o que eu fiz e que deu tudo certo no primeiro trimestre de gravidez viajando de avião para cima e para baixo.

Arranje um meia de compressão agora!

Eu viajo, pelo menos, 3 vezes por mês de avião. Minha vida é uma ponte aérea sem fim! Para lá e para cá. Mesmo na pandemia não deixei de viajar. Por isso, pensa no meu desespero quando soube que estava grávida numa quarta e que em 5 dias embarcaria num avião.

A sorte é que eu tinha um cardiologista, super, hiper, blaster qualificado e que está pensando em ser pai, marcado. Eu descobri que estava grávida num dia e já tinha consulta marcada com ele no dia seguinte.

Quando falei das viagens, a primeira coisa que ele disse foi: “Arranje uma meia de compressão, nem que seja compressão leve”. Eu jurava que isso era coisa para o fim da gravidez, mas ele explicou que mulheres grávidas, mesmo no primeiro trimestre, começam a coagular o sangue mais rápido. Isso para num caso de acidente não perder sangue e o bebê ter algum problema.

Só que isso pode gerar uma trombose. Então, como viajo muito, tinha que começar a me acostumar com as meias de compressão agora. Mesmo em voos curtos, de 2 horas.

Já meu último obstetra disse que as meias são só para quem viaja muito, quem tem problema circulatório ou histórico familiar. Também para quem no dia a dia fica muito tempo na mesma posição e vai juntar isso a uma viagem de avião no mesmo dia.

Leve um saquinho de plástico e escolha o assento do corredor

Se você está no primeiro trimestre, provavelmente está sentido enjoos, mal estar, quebradeira, sono, náuseas… Juro que pensei que estava com dengue no começo. Se você está sentido isso parada, imagine numa turbulência sem o melhor controle do que está acontecendo.

Isso pode ser uma tortura para algumas mulheres e meu médico alertou para isso. Se não for muito urgente, vale a pena pensar duas vezes antes de viajar grávida no primeiro trimestre.

Sempre sentei na janela, hoje não abro mão do meu corredor e já fico mapeando um assento perto do banheiro.

Além disso, carrego na bolsa uma sacolinha preta caso me dê ânsia de vomito e eu não consiga chegar no banheiro. Mascar chicletes e balinhas de gengibre também pode ajudar.

Quando não é seguro viajar de avião grávida no primeiro trimestre

Você não deve viajar nunca antes de ouvir seu médico quando estiver tendo complicações ou tiver uma gravidez de alto risco. Dependendo do tipo de situação que está passando, essa sua complicação pode levar ao aborto espontâneo.

Algumas condições, complicações, sintomas e circunstancias aumenta o risco de gravidez viajarem de avião no primeiro trimestre. Isso inclui uma série de fatores. Até fiz uma live com um angiologista sobre isso no meu insta @babilins.

Entre essas circunstâncias que exigem visitar um médico antes de embarcar gravida são: Sangramento vaginal, se você já tiver tido um aborto anteriormente, doenças cardíacas, anemia severa, gravidez de múltiplos bebês e muito muuuuuito mal-estar.

Vale lembrar de olhar destinos que estão tendo focos de zica ou malária. Assim como os que exigem vacinas que não são seguras para grávidas.

Por conta disso, vale com seu médico sobre qualquer intenção de viajar no primeiro trimestre da gravidez. Ele pode te ajudar a decidir as melhores opções! No mais, vamos ganhar esse mundão lindo de Deus, agora ainda mais acompanhadas. E aqui no blog tem várias dicas de viagens com crianças.

Posts Relacionados

Novos Motorhomes para alugar em Brasília! Veja modelos

Descubra o chalé dos sonhos para relaxar ou ter uma noite romântica em Brasília

Recanto Carvalho (Fercal) une passeio rural pela natureza e história de Brasília