TerraViva (DF) tem cachoeiras, yoga, meditação e alimentação natural para um detox de corpo e mente

Domingão de sol, calor e uma cachoeira divina sem ninguém por perto. Essa foi a minha realidade hoje pela manhã quando fui conhecer a Cachoeira da Vida, dentro do TerraViva. O convite veio do Felipe Fonseca, fotógrafo do @exploreporai que tirou essas fotos belas aí e que conhece como ninguém essa região pertinho de Brasília.

A Cachoeira da Vida possui três quedas belíssimas, com um poço perfeito para nadar e ângulos incríveis que te fazem esquecer onde está. Ela fica dentro da propriedade do TerraViva, mas pode ser acessada também pelo Poço Azul. Tem vídeos no meu insta @babilins e um vídeo incrível no Youtube do Felipe.

Nos dois casos, a trilha é média (tem desnível grande) e dura cerca de uma hora para ir e uma hora para voltar. Para quem vai pelo Poço Azul é seguir o GPS colocando o nome antigo da Cachoeira (que era chamada de Cachoeira do Suicídio). Já quem segue pelo TerraViva, pode ir com o guia do local, o que fortemente indico para iniciantes, quem quer ir sozinho e quem tem criança.

ATT! ATUALIZAÇÂO! Gente, fui procurada por uma mãe que foi com um filho pequeno. Como não podia fazer a trilha longa até a cachoeira acima, ficou em outra mais próxima. Só que ela estava cheia de gente que veio pela trilha do Poço Azul. Como não há separação entre o Poço Azul e o TerraViva existe a possibilidade de você ficar nas cachoeiras e elas terem muita gente, o que é ruim em época de pandemia e eu não recomendo.

TerraViva é para quem quer detox  

Antes de mais nada, vale destacar que o TerraViva é um espaço para detox mental e físico, de paz, contemplação e viagem interior. Não é permitido levar bebidas alcóolicas, alimentos que impliquem em sacrifícios de animais, cigarros e drogas, ovo, alimentos refinados e industrializados.

O TerraViva é um parque ecológico com várias cachoeiras, poços, cânions e piscina em Brazlândia (DF). Funciona há 21 anos e é famoso pelos espaços de meditação e yoga e pelos monges que frequentam o local. Não é um lugar de luxo ou sofisticato.

A ideia é receber poucas pessoas para que elas tenham momentos de tranquilidade. De comer sem pressa alimentos saudáveis, ficar na rede, aproveitar a piscina ou os brinquedos (alguns estão precisando de reparo). Também pode ser um momento para conhecer mais sobre agricultura orgânica passeando pelas estufas do local. Aliás… um dos pontos fortes é a comida lacto vegetariano. Eu ameeeeeeeeeeeeeeiiiiiiiiii tudo! Inclusive a sobremesa indiana. Que explosão de sabor.

Como o TerraViva funciona

Existem tanto a opção de ecoturismo day use, quanto a opção de hospedagem. Nos dois casos é preciso agendar e montar o roteiro com antecedência com eles, avisando quais cachoeiras quer ir dependendo da sua experiência e se quer meditação e yoga ou não. Eles funcionam todos os dias da semana.

Quem vai passar o dia começa com uma meditação e yoga, às 7h30 da manhã. Depois tem as trilhas para as cachoeiras com guia e, em seguida, é servido o almoço. Depois, o visitante pode ficar até às 17h aproveitando a piscina, o mirante, o parquinho, as redes e os locais de contemplação.

Já para quem vai dormir, a diária vai das 17h às 17h. Todas as refeições estão no pacote e as atividades que citei acima também. Os quartos são novos, não tem luxo, mas eles são super aconchegantes.

Valores, pet friendly e como chegar

Para quem for passar o dia, o day use está 120 reais por pessoa com direito a almoço, suco, sobremesa, guias e atrativos do TerraViva. Quem optar por passar a noite paga 220 reais, também com tudo incluído. Criança até 6 anos não paga. Entre 7 e 11 anos, paga meia.

Animais mansos são super bem-vindos. Hoje mesmo tinha um casal com dois cachorros fofos por lá. Não importa o tamanho, só tem que ser dócil. Parecido com esse roteiro que fizemos no blog para Goiás Velho. que tem hospedagem pet friendly

Outra pergunta que sempre me fazem é se a estrada está boa. Seguindo o GPS não tem erro. Carro baixo chega fácil e só tem um pequeno trecho de estrada de chão. Você pode ir por Taguatinga ou Sobradinho. Os dois caminhos são tranquilos, o que facilita o acesso de quem vem de qualquer parte do DF.

No mais, se quiserem fotos lindas do passeio, é só contratar o Felipe do Explore por aí, que foi quem tirou essas fotos surreais!!!

Venha para o Time dos Descobridores!

Criei esse blog para sairmos da normalidade, do piloto automático e termos uma vida mais simples, divertida e equilibrada. Se você quiser receber toda semana os melhores posts de graça é só mandar uma mensagem de whatsapp para (21)  98377-6931 com a palavra QUERO e com SUA CIDADE e salvar o número! Se clicar aqui vai também! Mas lembra que tem que salvar o número na sua agenda.

Ah! No face e no insta @babilins também dou dicas! Se cuida.

Na página do facebook do Descobertas Bárbaras você encontra mais atrações!

Posts Relacionados

Novos Motorhomes para alugar em Brasília! Veja modelos

Descubra o chalé dos sonhos para relaxar ou ter uma noite romântica em Brasília

Recanto Carvalho (Fercal) une passeio rural pela natureza e história de Brasília

1 comentário

Mariana Braga 5 de junho de 2021 - 10:44
Oi Bárbara, gostaria de compartilhar minha experiência no Terraviva que foi bem decepcionante. Fiz a trilha pequena, pois tenho uma bebê de 1 ano. E para minha surpresa nessa trilha eles levam a cachoeiras que fazem parte do Parque Nacional e acessíveis facilmente por outras trilhas, inclusive pelo poço azul. Ou seja, paguei 120 reais em busca de um passeio tranquilo e exclusivo, mas qd chegamos nas cachoeiras estavam lotadas, sendo inclusive ponto de passagen de trilheiros de bicicleta. Isso pq antes de reservar, perguntei várias vezes sobre a quantidade de pessoas, em razão da pandemia. Achei um absurdo cobrarem tão caro para cachoeirias que não fazem parte da propriedade deles e podem ser acessadas por qualquer um. A comida é realmente muito gostosa, mas não voltarei mais e não recomendo a ninguém.
Adicionar comentário