Faça queijo em casa com curso gratuito da Emater! Inscrições abertas

No início da pandemia, minha irmã Cláudia Lins apareceu com um queijo que ela mesmo tinha feito em casa. Achei aquilo seeeeeeeensacional e peguei todos os macetes com ela. Agora esse conhecimento está disponível para todos do jeito mais fácil e rápido do mundo. É um curso da Emater DF que ensina como fazer o próprio queijo. O curso é gratuito e dura 8 horas. Todo on-line!

Mas corre que as vagas são limitadas e tem tempo para concluir todos os quatro módulos. As inscrições começaram esta semana e podem ser realizadas até o dia 23 de janeiro. O curso foi criado para produtores rurais, mas está aberto a todos que quiserem conhecer mais sobre como produzir o próprio queijo.

Quais técnicas para fazer queijo em casa serão ensinadas

Entre as técnicas que serão ensinadas estão a pasteurização lenta e a formulação de queijos minas frescal, ricota fresca, queijo padrão ou meia cura, iogurte natural e requeijão culinário. Todos sensacionais! Eu, inclusive, já havia dado aqui no blog, dica para quem quer levar as crianças a aprenderem a fazer o próprio queijo. É no Sitio Titara, clique aqui! A matéria é de 2019, mas eles estão com a colônia aberta novamente.

Também serão apresentadas, no curso da Emater, as boas práticas de fabricação aplicadas na produção de queijos. As aulas serão ficarão disponíveis entre os dias 24 de janeiro a 7 de fevereiro de 2022, pela plataforma Google Sala de Aula.

O aluno poderá acessar as videoaulas em qualquer dia e horário, dentro do período de disponibilização das aulas. Para acessar a plataforma do curso é necessário ter um celular ou computador com acesso à internet, além de possuir uma conta de e-mail do Gmail.

Para fazer a inscrição é preciso preencher esse formulário: https://forms.gle/L8Rkekyc7jMXxqyj9

Posts Relacionados

Novos Motorhomes para alugar em Brasília! Veja modelos

Descubra o chalé dos sonhos para relaxar ou ter uma noite romântica em Brasília

Recanto Carvalho (Fercal) une passeio rural pela natureza e história de Brasília

1 comentário

Jucilene da Silva Castro Severo 15 de maio de 2022 - 07:10
Eu quero faz minha escricao
Adicionar comentário