Onde (e o que) comer em Paracatu: 7 lugares de lanches e quitutes típicos

Juro que eu não imaginava tanta gostosura num mesmo lugar. Desde que eu coloquei os pés em Paracatu descobri um universo de novos sabores e misturas. Hoje, divido com vocês alguns dos lugares onde comer em Paracatu (MG). São vários quitutes típicos e algumas invencionices. 

Para começar, saiba que Paracatu tem muuuuuita história. O que justifica a diversidade de quitutes e lanches saborosos. Paracatu pertence ao seleto grupo das dez cidades nacionalmente tombadas em Minas Gerais, sendo integrante também da Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais.

Dito isso, prepare o babador, que não tem como ficar isento a tanta gostosura!!! Confira agora a minha seleção do que (e onde) comer em Paracatu!!! Algumas já mostrei no insta @babilins, mas repito aqui! 

1 – Pão de queijo da Rodoviária 

Nunca pensei que fosse mandar alguém comer em Rodoviária… mas cá estou. A dica veio de vários moradores da cidade e o Rodrigo Brasiel, meu amigo que me apresentou o lugar onde eu iria comer o melhor pão de queijo do Brasil. Faça isso!!!

O pão de queijo de Paracatu é diferente de boa parte de Minas Gerais. Ele não é escaldado. O que deixa ele menos massudo e com bolhas menos uniforme. Que amei! Você também pode comer ele recheado na Paodequeijaria! Uma loja bonitona no centro que tem até pão de queijo recheado com costela! Tem tudo quanto é recheio.

2 – Desmamada

Esse eu quase pirei!!!! Se você procura o que comer de doce em Paracatu, encontrou. Eu aaaaaammmmmooooo bolo. Esse então… a massa dele é cozida e depois assada. Fica uma textura única. 

A massa vai coco e muito ovo!!! Não é enjoativo. Eu comeria um quilo. Ele é vendido em quase toda padoca de Paracatu. Geralmente vem em formas pequenas, perfeitas para quem está sozinho. 

3 – Coxinha de Palmito 

Cadê meus amigos vegetarianos???? Essa coxinha foi uma das coisas mais deliciosas da viagem! Descobri num mercadinho micro na rua Rubens Bittencourt. É um minimercado perto da loja de bicicletas, ao lado do beco. 

Foi paixão à primeira mordida. A massa é sequinha e o recheio suculento. Nossa… salivando só de lembrar. Lá também tem outro quitutes, como biscoito frito. Putz. Me segura que quero voltar!!! 

4 – Onde comer em Paracatu: Pastel Sírio 

Esse é fácil demais de achar!!! Toda birosquinha que eu entrava tinha um. Procure os feitos pelos moradores mais antigos, que eles têm a tradição na veia e a receita original.

Descobrir com o seu Vagner, um dos quitandeiros da cidade, que o pastel sírio é feito com bicarbonato e açúcar (diferente do pastel normal). Também não vai pinga. O resultado é uma massa mais fofinha. Como recheio, se você curte experimentar novos sabores, procure os com gueiroba, que é um palmito meio amargo. Mas tem presunto e queijo pros menos aventureiros também. 

5 – As famosas empadas de Paracatu

Essa aqui é unanimidade!!!  Assim que cheguei em Paracatu, váááários seguidores deram a dica! Um amigo, o Felipe de Melo, sai de Brasília só pra passear de moto e levar as empadinhas pra casa. Já viu que essa empadinha de capa fina vale a pena, né?

As mais famosas são as da Dona Luzia. Só tem de frango. Com e sem pimenta. Ela fica na rua Leopoldo Faria. Cada uma custa 70 centavos. Sim, meus amigos… 70 centavos! Por isso, vale fazer que nem muita gente faz e levar pra congelar em casa!

6 – Bolo de domingo 

Esse eu não experimentei, mas meus colegas jornalistas da TV Minas Brasil disseram que é um dos carros-chefes para quem busca o que comer de típico em Paracatu. O Bolo de Domingo é uma iguaria declarada patrimônio imaterial de Paracatu feita de fubá ou farinha de arroz.

E se o pão de queijo não é escaldado, o bolo de domingo é! Ele também é peculiar porque é deixado pra fermentar e crescer por seis horas. Amo essas receitas sem pressa!!! O resultado é um bolo cremoso e que tem gosto de comidinha de vó!!! No quitandas da vila, na rua Paulo Camilo Pena, tem. 

7 – Bolo Mané Pelado: quitanda de Paracatu 

Para encerrar com chave de ouro, o meu xodó, minha paixão, meu querido bolo Mané Pelado!!! Genteeeeee… eu sou louca por esse bolo! E o legítimo de Paracatu é o melhor. Sabe o motivo? É roots! Nada de ingredientes processados!!! 

Para quem não sabe, Mané Pelado é aquele bolo de mandioca ralada, coco, manteiga da roça e ovo caipira. Bom demais! Tem umas versões com abacaxi. Não curto… se quiser a tradicional, tem no Quintal da Ângela, na rua Ismael Faustino Pereira. 

Esqueci algum lugar tradicional ou algum quitute imperdível??? Deixa nos comentários!!! E para quem gosta de comida natureba, aqui no blog tem várias receitas! Confira clicando aqui!  

Posts Relacionados

Novos Motorhomes para alugar em Brasília! Veja modelos

Descubra o chalé dos sonhos para relaxar ou ter uma noite romântica em Brasília

Recanto Carvalho (Fercal) une passeio rural pela natureza e história de Brasília

5 comentários

Cristine Azevedo 22 de setembro de 2021 - 19:56
Menina, sempre quis passear em Paracatu! Nunca acho oportunidade... Mas agora... Tá difícil achar desculpa! Como uma boa gulosa, preciso ir urgentemente!
Bárbara Lins 27 de setembro de 2021 - 16:42
Aeeeeeee
Elisabeth Martins 22 de novembro de 2021 - 07:59
Bárbara, que delícia de reportagem! Nem sei como acessei, acredita? Acho que são as esquesitisses de Minas, sempre chamadas, por nós, mineiros, de "coincidências"! Botar os pés em Paracatu, é paixão na certa! É muita comida gostosa e gente boa, juntas!
Bárbara Lins 2 de dezembro de 2021 - 17:39
Uhuuuuuuuuuuuu! Eu já quero voltar, Elisabeth
Rafaela Arias 27 de maio de 2022 - 21:39
O melhor bolinho de kibe com queijo e melhor torta holandesa eu experimentei em Paracatu.
Adicionar comentário